Psicologia Infantil

Nem sempre é fácil para os adultos entenderem o universo das crianças, que trazem descobertas e mudanças ilimitadas no dia a dia. É ai que entra o papel do psicólogo.

O objetivo da psicologia é auxiliar na expressão das emoções de cada criança, pois através da brincadeira ela pode expandir seus sentimentos. De maneira geral, o objetivo da área é trabalhar com cuidado as emoções, as percepções e os aprendizados da infância, buscando compreender, por exemplo, as formas da criança falar, sentir, gerar conhecimento, criar imagens e construir relações. Devido à necessidade de se respeitar a autonomia da infância, os métodos utilizados em geral são flexíveis, trazendo atividades lúdicas e dinâmicas mais livres.


Como funciona o atendimento as crianças?

Com o auxílio da psicologia infantil, elas encontram recursos de enfrentamento para se posicionar de forma saudável e sem prejuízos no seu dia a dia. São vários os aspectos positivos da psicologia infantil, sobretudo, a superação dos sentimentos e sensações que incomodam a criança.


As terapias com os pais também serão importantes ao logo da psicoterapia. A participação dos mesmo é imprescindível neste processo. Muitas vezes, se faz necessário solicitar aos pais informações, como também, oferecer-lhes auxílio durante todo o processo, mais quando procurar um psicólogo para ajudar?



Sinais de que é hora de procurar um psicólogo infantil

Alguns comportamentos indicam que é necessário procurar a ajuda de um psicólogo infantil profissional. Tristeza, prostração, apatia, perda de interesse, agressividade ou choro excessivo, por exemplo, podem ser sinais de que algo não vai bem com seu pequeno ou pequena.


Por isso, para ajudar você a perceber se é preciso procurar um acompanhamento profissional, veja a seguir, alguns dos principais indicativos de que é hora de procurar um psicólogo infantil.



1. Alteração brusca ou exagerada de comportamento

2. Agitação, inquietude ou dificuldade em manter a atenção

3. Problemas escolares

4. Regressão de alguma fase do desenvolvimento

5. Saúde prejudicada

6. Tristeza e muito choro

7. Distúrbios físicos

8. Ficar doente com muita frequência

9. Compulsão na comida

10. Dificuldade de interagir socialmente

11. Intolerância e agressividade

12. Dificuldade de aprendizagem


Os pais não são obrigados a entender o motivo de sofrimento de seus filhos. As crianças possuem diversas formas de expressar-se e muitas vezes a fonte do problema não fica nada clara, mesmo para pessoas que as conhecem bem, como seus pais.


O universo infantil é extenso e complexo e pode necessitar de ajuda profissional para ser interpretado e trabalhado.

Se você identifica sinais ou comportamentos que lhe preocupam em uma criança, não deixe de realizar uma avaliação com um psicólogo infantil qualificado.


6 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
whatsapp-logo-1.png